Pular para o conteúdo principal

R E S I S T A - A farsa eleitoral

 
As eleições possuem um efeito centralizador, as ações políticas passam a ser feitas para a populução pelos seus representantes, deixando ao povo apenas o papel de apoiador passivo. Representantes que vem de partidos, que são controlados por líderes não pertencentes a classe trabalhadora, fazendo com que os trabalhadores substituam a autogestão da luta social por esses partidos.

O Estado burguês foi criado para cumprir um regime de minoria, onde sua estrutura, de cima para baixo garante a submissão da população e a proteção da burguesia (latifundiários, banqueiros, corporações, grandes empresários, mídia, etc.), que possuem interesses completamente diferentes. Esta reprodução política é facilmente observada, quando vemos o descaso com os serviços públicos primordiais, como educação, saúde, saneamento básico, segurança, enquanto isso boa parte dos recursos públicos vão para a iniciativa privada, como por exemplo, o pagamento da dívida pública aos bancos nacionais que consome quase metade do PIB brasileiro.



O voto vem apenas como forma de diminuir a resistência do povo contra as injustiças do capitalismo e da classe burguesa, dando a impressão para a população de que possui influencia nas decisões políticas, achando que partido X ou Y, irá praticar políticas muito diferentes, voltadas a melhoria da vida da população, porem como o sistema é burguês, suas praticas sempre serão voltadas ao enriquecimento do grande capital.

É importante promover constantemente uma resistência na sociedade que sujeite o Estado a pressões de fora para dentro, através da ação direta, com a pressão popular constante, como fazem os movimentos sociais, e formas educacionais que libertem e ajudem as pessoas a entenderem e praticarem política, sabendo diferenciá-la da política partidária.

O não voto tem um importante efeito educativo para mostrar que Estado não é neutro, mas que serve para proteger a classe dominante, e que mudanças significativas só vem através da luta, com o controle do proletariado dos meios de produção e da educação emancipadora, ou seja de cima pra baixo através da ação direta.

Por isso não vote, organize-se e lute.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A R T E - 100 Imagens de Dragões (Dragons Images)

Trago aqui uma seleção de 100 ilustrações de dragões, pois sempre que vemos na internet sempre as mesmas imagens, quis aqui então selecionar algumas mais diferentes e mostrar outros conceitos de arte destes seres mitológicos. " Dragões ou dragos (do gregodrákonδράκων) são criaturas presentes na mitologia dos mais diversos povos e civilizações. São representados como animais de grandes dimensões, normalmente de aspecto reptiliano (semelhantes a imensos lagartos ouserpentes), muitas vezes com asas, plumas, poderes mágicos ou hálito de fogo. A palavra dragão é originária do termo grego drakôn, usado para definir grandes serpentes. Em vários mitos eles são apresentados literalmente como grandes serpentes, como eram inclusive a maioria dos primeiros dragões mitológicos, e em suas formações quiméricas mais comuns. A variedade de dragões existentes em histórias e mitos é enorme, abrangendo criaturas bem mais diversificadas. Apesar de serem presença comum no folclore de povos tão dista…

A R T E - 70 imagens de lobisomens (Images of werewolf)

"Lobisomem ou licantropo (do grego λυκάνθρωπος: λύκος, lykos, "lobo" e άνθρωπος, anthrōpos, "homem"), é um ser lendário, com origem em tradições europeias, segundo as quais, um homem pode se transformar em lobo ou em algo semelhante a um lobo em noites de lua cheia, só voltando à forma humana ao amanhecer.
Tais lendas são muito antigas e encontram a sua raiz na mitologia grega. Segundo As Metamorfoses de Ovídio, Licaão, o rei da Arcádia, serviu a carne de Árcade a Zeus e este, como castigo, transformou-o em lobo (Met. I. 237).Uma das personagens mais famosas foi o pugilista arcádio Damarco Parrásio, herói olímpico que assumiu a forma de lobo nove anos após um sacrifício a Zeus Liceu, lenda atestada pelo geógrafo Pausânias.
Segundo lendas mais modernas, para matar um lobisomem é preciso acertá-lo com artefatos feitos de prata."

Vídeo - Leões e animais atacando 







A R T E - 50 imagens de demonios (Demons Images)

Um demônio é um ser paranormal, muitas vezes maléfico sendo uma figura comum na religião, ocultismo, literatura e folclore. A palavra original grega daimon não carrega a conotação negativa inicialmente entendido pela aplicação do koiné δαιμόνιον (daimonion),  e mais tarde atribuído a quaisquer palavras de conatação parecida. Nas antigas religiões orientais, bem como nas tradições abraâmicas, incluindo antiga e medieval demonologia cristã, um demônio é considerado um espírito imundo , mais especificamente um anjo mal, que pode causar possessão demoníaca. No oeste da ocultismo e na magia do Renascimento, que nasceu de uma fusão da magia greco-romana, demonologia judaica, tradição e cristã, um demônio é uma entidade espiritual que pode ser evocado e controlada. O termo grego não tem qualquer conotação de mal ou maldade. Na verdade, εὐδαιμονία eudaimonia , (lit. bom civismo) significa felicidade. O primeiro termo adquiriu suas conotações negativas na Septuaginta tradução da Bíblia h…